12 de fevereiro de 2018

Constancio - A Mucuba

Artista: Constancio
Titulo: A Mucuba
Genero: Zouk
Formato: mp3
Tamanho: 4 MB


MOCUBA

Perfil do distrito
O distrito de Mocuba localiza-se na parte central da província da Zambézia, fazendo limite com os distritos de Lugela e Errego a norte, Maganja da Costa a este, Namacurra e Morrumbala a sul e Milange a oeste. A sua situação geográfica cria possibilidades para se elevar a região a um nível que permite identificá-la como um pólo de desenvolvimento económico e social e dos distritos limítrofes sob sua influência.

Com uma superfície de 8,733 quilómetros quadrados, Mocuba tem uma densidade populacional de 31.8 habitantes por quilómetro quadrado. Tem uma população jovem (46 porcento) e um índice de
masculinidade de 50 porcento. A taxa de urbanização do distrito é de 52 porcento, e concentra- -se na cidade e nas zonas periféricas.

A agricultura é a actividade dominante, envolvendo quase todos os 67,042 agregados familiares. O distrito possui enormes potencialidades em recursos naturais, nomeadamente agro-pecuárias, florestais, pesqueiras e mineiras, cujo nível de exploração ainda é baixo, o que coloca numa situação de menor grau de desenvolvimento socioeconómico.

As condições naturais favoráveis, tais como solos férteis e abundância da rede hidrológica, tornam Mocuba um autêntico celeiro e reserva de produtos de consumo da província. A produção agrícola é feita predominantemente em condições de sequeiro e o sistema é a monocultura de arroz, seguida de batata-doce, e nos solos bem drenados predominam as consociações de milho, mapira, mexoeira, mandioca e feijão nhemba e boere.

A actividade pecuária é praticada pelo sector familiar e empresarial, principalmente na criação de gado caprino, bovino, suíno e galináceos. O fomento pecuário tem sido fraco.
O distrito de Mocuba é rico em espécies nativas produtoras de madeiras preciosas, tais como umbila, chanfuta, jambire e pau-preto, e tem um grande potencial silvícola. O desflorestamento e a erosão dos solos são os principais problemas que afectam aquela região.

História e cultura
O nome Mocuba supõe-se que tenha derivado do nome “Macuba” pelo qual era conhecido um senhor que vivia na área de Sassamanja antes da fixação dos colonos. Oriundo de Namacurra, ele era um grande produtor e mantinha os seus campos e pátios sempre limpos, daí ter-lhe sido dado o nome de “Namacuba” que na língua local significa “recolhidor ” (de lixo nesse caso). Um dia passaram pela zona uns colonos e perguntaram como se chamava aquela área e os populares responderam dizendo que o dono era “Macuba”.

Mocuba tem uma actividade comercial relativamente extensa, tendo mercados para os produtos locais não só no próprio distrito, mas também nos distritos vizinhos e Malawi. Para a maior parte dos produtos, as transacções comerciais são conduzidas nos mercados e lojas locais. Cerca de 90 porcento das 55 lojas operacionais estão localizadas na área municipal, onde por sinal residem 60 mil pessoas.

Existem no distrito 30 moagens, sete dos quais inoperacionais. Mocuba conta ainda com quatro oficinas, uma estação de serviço, quatro carpintarias, duas serrações e seis padarias (duas inoperacionais). Funcionam no distrito oito estabelecimentos de hotelaria, incluindo pensões, bares e restaurantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todas as músicas fornecidas neste blog são apenas para o uso promocional, umas enviadas pelos próprios artistas e outras fruto de pesquisa por tanto, qualquer reclamação do artista/agente, o artigo será removido imediatamente!

O Blog não assume qualquer responsabilidade por qualquer uso ilegal do conteúdo.

Por favor, compre sempre os CDs originais, apoie os artistas e a sua arte.

Músicas Zambezianas / O encontro de gerações | Todos os direitos reservados: © Knnon Beirão ©2021